Artigos - QStampa Letterpress

Lista de Convidados

QStampa Letterpress - Lista de Convidados

Planejar um casamento não é uma atividade simples, porém a QStampa Letterpress te dará uma pequena ajuda com este tutorial. Uma festa inesquecível implica em um perfeito planejamento sobre todos os aspectos. Seus convidados estarão lá para testemunhar sua união, dividir alegrias, dar consentimentos e atenção a este momento tão importante aos noivos.

Lembre-se que raras são as oportunidades na vida de juntar aqueles a quem se ama em um mesmo lugar e ao mesmo tempo.

Antes da preparação da lista de convidados, os noivos devem decidir o grau de relacionamento por grupos de afinidade que irão convidar. Após esta decisão devem dividir-se, e em conjunto com seus pais, parentes e amigos mais próximos, anotar a relação de conhecidos e envolvidos pelo grau de parentesco que se pretende convidar. Somente depois desta etapa concluída, junte com o seu noivo(a) e confira se estão presentes todos aqueles que vocês mais amam e gostariam que estivessem presentes no casamento.

Abaixo uma sugestão do conteúdo da lista que poderá auxiliar esta atividade.

Lista da(o) Noiva/ Noivo

QStampa Letterpress - Lista dos Noivos

Obs. É importante que a lista de convidados seja feita da forma como deverá ser subscrito nos envelopes, com o tratamento adequado a cada pessoa ou titular da família. Não se esqueça de diferenciar letras maiúsculas e minúsculas (caixa alta e baixa), o que facilitará a interpretação do calígrafo.

Sugestões de Tratamento (*):

Padrinhos:

Aos Padrinhos _____ e Família (formal)

Aos queridos Padrinhos _____ e _____ (informal)

Pais e Avós:

Aos meus queridos pais

Aos meus queridos avós

Irmãos:

_____ e Família

Aos queridos _____ e _____ (só prenome)

Convidado com família:

Sr. _____ e Sra. ______. Ou Sr. e Sra. _____.

Sr. _____ e Família (quando inclui filhos menores de idade). Para filhos maiores de idade, a etiqueta sugere o envio de convite em separado.

Namorados:

Utiliza-se o nome do convidado principal, em primeiro lugar.

Um convite com o prenome dos dois convidados, para quando estes tiverem grande amizade com os noivos e, portanto tratamento informal. Utiliza-se o nome completo quando o tratamento necessitar de formalidade.

Quando vivem juntos, mas não casados:

Os dois nomes completos quando for formal, e os dois prenomes, quando informal.

Convidando colegas de trabalho:

Aos funcionários da empresa (generalizando)

Aos colegas (restringindo o grupo)

Aos amigos da (selecionando as pessoas)

Convidado jovem:

Um convite só com o nome completo da (o) jovem. A forma de tratamento respeita a formalidade e informalidade já dita anteriormente. Ex. para casos de informalidade utilizar o prenome (informal) ou Srta. _____ (formal) - extensivo à família em alguns casos.

Noivos ou namorados:

Os dois nomes, um em cima e outro abaixo e sem a conjunção 'e'. Ou Nome e Nome. Em ambos os casos o nome que vem primeiro é o de quem os noivos conhecem.

Recomenda-se não usar apelidos, Ao Senhor, Em mãos e Extensivo.

Dependendo do caso, os títulos também poderão ser utilizados, tais como: Reverendo, Padre, Rabino, Pastor, Major, coronel, etc. (por extenso)

Não use expressões como Ilustríssimo, ou Excelentíssimo, nem por extenso, nem abreviado, exceto quando o protocolo assim o exigir. É o caso dos príncipes, sacerdotes de Igreja ou chefes de estado.

Para o caso de bispos, use Sua Excelência Reverendíssima; no caso de um chefe de estado, use Sua Excelência; para um príncipe - Sua Alteza, ou para um Juiz, Meritíssimo. Em qualquer dos casos, deve-se escrever por extenso.

Outras formas de tratamento:

Exmº. Sr.Exmª. Sra.: Presidente da República*, Vice-Presidente da República*, Presidentes dos Supremos Tribunais*, Presidentes de Legislativos*, Governadores*, Vice-Governadores*, Prefeitos*, Reitor de Universidade*, Ministros de Estados, Membros do Congresso e Senado Nacional, Desembargadores e Juizes de Tribunais, Embaixadores, Diretor Geral, Departamento de Polícia Federal, Procurador-Geral da República, Procuradores-Gerais, Embaixadores, Membros do Legislativo, Autoridades Militar o mínimo de General de Brigada, Arcebispos, Bispos, Núncio Apostólico.* A essas autoridades aconselha-se não abreviar o pronome de tratamento.

Santíssimo Padre: Papa

Emmº. Sr.Dom. Cardeal de.: Cardeais

Revmº. Sr. Padre: Vigários, Padres, Cônegos, Monsenhores

Revmª. Sra. Madre: Madres e Freiras

Ilmo. Sr.: Para demais autoridades militares, civis e eclesiásticas (é suficiente o uso do pronome de tratamento Senhor)

Em casos de dúvidas, você pode Contatar a QStampa Letterpress.